O CBD para músculos rígidos é uma carícia natural

Muitas pessoas debatem-se regularmente com tensão e rigidez muscular. A rigidez muscular pode desenvolver-se devido a diferentes causas. A tensão pode ser atribuída a causas inofensivas, como o excesso de exercício, bem como a doenças musculares e ósseas crónicas em geral.

A quem vai ao médico devido à rigidez muscular são frequentemente prescritos analgésicos, que podem causar efeitos secundários. O CBD, por outro lado, é um composto natural bem tolerado e inofensivo.

Mas será que o CBD para músculos rígidos pode realmente ajudar? As propriedades anti-inflamatórias e antiespasmódicas atribuídas ao canabidiol sugerem que sim. Analisámos testemunhos, relatórios e estudos e estamos aqui para explicar como a ingestão de CBD pode beneficiar os seus músculos.

Isto pode ajudar-te:

MELHOR VENDEDOR
10% CBD Oil (1000mg) - 10ml - Enecta.en
...

10% de óleo CBD

Extrato de cânhamo orgânico certificado

€31.95
DOR
24% CBD oil (2400mg) - 10ml - Enecta.en
...

24% de óleo CBD

Extrato de cânhamo orgânico certificado

€79.95
BEM-ESTAR
3% CBD Oil (300mg) - 10ml - Enecta.en
...

3% de óleo CBD

Extrato de cânhamo orgânico certificado

€12.95
"LINHA "C
C 1000 Cbd Oil-Enecta.en
...

C 1000 Óleo Cbd

Óleo calmante com 1000 mg de CBD.

€31.95
"LINHA "C
C 2400 Cbd Oil-Enecta.en
...

Óleo Cbd C 2400

Óleo de CBD calmante com 2400 mg de CBD.

€79.95
ANSIEDADE E STRESS
Óleo CBD de espetro total 15% - 10 ml
...

Óleo CBD de espetro total 15% - 10 ml

Óleo CBD de espetro total com terpenos.

€45.00
"LINHA "C
C 300 Cbd Oil-Enecta.en
...

Óleo C 300 Cbd | enecta.com

Óleo de CBD calmante com 300 mg de CBD.

€12.95
ANSIEDADE E STRESS
Óleo CBD de espetro total 5% - 10 ml
...

Óleo CBD de espetro total 5% - 10 ml

Óleo CBD de espetro total com terpenos.

€21.95
Table of Contents

O que é a rigidez muscular?

A rigidez muscular refere-se a uma dor nos músculos, muitas vezes acompanhada pela sensação de que os músculos estão "apertados". Esta condição torna geralmente impossível mover rapidamente os músculos afectados sem sentir espasmos ou dor.

A dor é normalmente sentida como cãibras, pontadas ou irradiação e afecta principalmente os músculos que mantêm a postura erecta. As causas mais comuns são a má postura e a fadiga excessiva. As causas mais comuns incluem a má postura e a fadiga excessiva.

Causas da rigidez muscular

A rigidez resulta de uma sobre-estimulação dos músculos e afecta normalmente os do pescoço, das costas e dos ombros. A rigidez muscular é uma doença bastante comum, que em alguns casos implica sintomas dolorosos diários que afectam gravemente a qualidade de vida.

A tensão e a rigidez musculares têm diferentes causas, as mais comuns das quais são:

Má postura: Uma postura pouco saudável obriga os músculos a permanecerem contraídos de uma forma inconveniente e desencadeia dores. O hábito da má postura também pode ser desenvolvido inconscientemente durante o sono.

Falta de exercício físico: Estar demasiado tempo sentado e a falta de atividade física pode provocar dores musculares e rigidez. As longas horas passadas atrás de uma secretária resultam frequentemente numa má postura permanente.

Fadiga excessiva: A dor e a rigidez muscular podem resultar de um esforço prolongado ou de um esforço curto mas muito intenso.

Fáscia inflamada: A tensão e a rigidez são frequentemente devidas a uma acidez muscular elevada. Esta é a conhecida dor muscular que resulta frequentemente de demasiado desporto.

Sintomas de rigidez muscular

Consoante os músculos afectados e a pressão a que estão sujeitos, a dor pode ser sentida como irradiante, aguda ou de tração. A miogelose também é caracterizada por nós musculares: áreas duras e sensíveis.

Especialmente se os músculos das costas forem afectados, o endurecimento pode também reduzir a mobilidade. Por outro lado, o endurecimento dos músculos do pescoço ou dos ombros é frequentemente acompanhado de dores de cabeça.

Diagnóstico da rigidez muscular

Se a rigidez muscular for causada por um evento específico (por exemplo, demasiado exercício), normalmente não é necessário qualquer outro diagnóstico. Se, por outro lado, se debate com tensões recorrentes, deve procurar aconselhamento médico, especialmente se tiver mobilidade limitada ou adotar uma postura pouco saudável para aliviar a dor.

Idealmente, um ortopedista faz o diagnóstico e começa por recolher um historial detalhado do doente. Entre outras coisas, o ortopedista pergunta sobre os sintomas, a sua gravidade e as condições médicas subjacentes e obtém uma visão global do estilo de vida do doente. Um exame físico segue-se à história clínica para localizar os músculos afectados.

O ortopedista também pode verificar se existem pontos de gatilho hiperirritáveis, que podem fazer com que a dor se espalhe para outras regiões do corpo. Para além disso, é normalmente necessário um exame minucioso da postura, tanto em pé como a andar. Por exemplo, ombros curvados estão associados a uma postura encurvada, que causa tensão nos músculos do peito, abdominais e do pescoço.

Em caso de dúvida, o ortopedista pode recorrer a técnicas de imagem como a ecografia ou a radiografia.

CBD para músculos rígidos

Muitas pessoas acordam de manhã e começam o dia com fortes dores nas costas porque assumem involuntariamente uma má postura durante o sono, provocando o enrijecimento dos músculos. Os cientistas também estão convencidos de que existe uma forte ligação entre a tensão muscular e a resposta ao stress.

Embora o CBD não possa eliminar a causa da tensão, acredita-se que tem um efeito analgésico que ajuda a melhorar o bem-estar geral. Além disso, o CBD pode aliviar outros sintomas, como dores de cabeça e enxaquecas.

Estudos e testemunhos mostram também que o CBD tem geralmente um efeito calmante e relaxante. Assim, parece lógico assumir que o CBD pode combater com sucesso a tensão muscular causada pelo stress e pela inquietação. No entanto, músculos tensos e rígidos também podem resultar de má circulação. Estudos descobriram que o CBD pode causar vasorelaxamento, melhorando assim a circulação sanguínea e garantindo que oxigénio suficiente chegue aos músculos.

As pomadas ou cremes de CBD de alta qualidade têm um efeito semelhante. Essencialmente, o CBD interage com o sistema endocanabinóide do próprio corpo (ECS). Esta interação compensa os desequilíbrios e apoia a reação do corpo à inflamação, ao stress e à dor. Os receptores CB1 e CB2 fazem parte do ECS e também se encontram nos tecidos musculares. Os receptores CB1 e CB2 fazem parte do ECS e também se encontram nos tecidos musculares.

Se os tecidos inflamados forem responsáveis pela rigidez e tensão, parece evidente que o CBD pode ser extremamente útil. Resta dizer que os óleos de CBD ou os cremes de CBD não podem substituir um estilo de vida saudável com exercício suficiente.

Benefícios do CBD para os músculos rígidos

Assim que o corpo o absorve, o CBD interage naturalmente com o nosso sistema endocanabinóide. Os profissionais médicos e investigadores concordam que o ECS desempenha um papel central nos processos fisiológicos e patológicos. Para além disso, o ECS é responsável pela comunicação celular e pela morte celular programada.

O ECS gere a comunicação celular com a ajuda de vários neuroreceptores endógenos e mensageiros químicos. Os neurorreceptores regulam numerosas funções fisiológicas, como o apetite, o sono, o humor, a inflamação e a perceção da dor. O CBD liga-se aos receptores CB1 e CB2 e, assim, estimula ou inibe a libertação de determinadas substâncias mensageiras, o que, por sua vez, influencia as funções acima mencionadas.

Consequentemente, o CBD pode ajudar na rigidez muscular, independentemente de esta se dever a inflamação, má postura, stress ou fadiga excessiva. Além disso, considera-se que este ingrediente ativo natural tem muito poucos efeitos secundários e não causa dependência.

Como tomar CBD para músculos rígidos

O CBD pode aliviar a tensão e a rigidez tanto a nível interno como externo. Claro que também os pode combinar.

Óleo de CBD

O óleo de CBD é a forma mais popular de desfrutar das propriedades benéficas do canabidiol. As gotas são colocadas debaixo da língua e mantidas durante cerca de 30 a 60 segundos, permitindo que a mucosa oral absorva o ingrediente ativo. De seguida, engole-se o CBD juntamente com a saliva acumulada. As principais vantagens: Encaixa-se perfeitamente na sua rotina diária e pode ser doseado conforme desejado.

Cápsulas de CBD

Alguns utilizadores não gostam do sabor algo amargo do óleo de CBD e preferem tomar cápsulas de CBD. As cápsulas de CBD não têm sabor e também podem ser tomadas em viagem. No entanto, não permitem a dosagem individual.

Pomadas e cremes de CBD

As pomadas e cremes de CBD podem ser aplicados diretamente na pele e são particularmente eficazes contra a tensão muscular, a rigidez e o aperto. Aqueles que querem tomar CBD para apoiar os seus músculos vão achar os cremes CBD, que podem desencadear tanto um efeito de aquecimento como de arrefecimento, altamente benéficos. Os cremes com CBD podem estimular a circulação sanguínea, relaxar os músculos e aliviar qualquer tipo de dor. Assim, ajudam a aliviar a tensão e a acelerar a recuperação muscular após a atividade física.

Gostaria de comprar produtos CBD de alta qualidade?

Então, navegue pela nossa loja online à vontade e adicione os itens desejados ao seu carrinho de compras. Dentro de alguns dias, poderá desfrutar ao máximo do CBD de alta qualidade.

Como dosear o CBD para músculos rígidos

Cada indivíduo reage de forma diferente ao canabidiol. Por isso, é difícil prever a dosagem ideal. A maioria dos utilizadores descobre a sua dosagem de CBD através da tentativa e erro do paciente. Não se preocupe: o CBD não é viciante e pode, portanto, experimentá-lo durante um período de tempo prolongado. Dito isto, gostaríamos de lhe fornecer um guia para a dosagem de CBD.

As dosagens de óleo CBD podem ser divididas em três subgrupos:

Dosagem baixa de CBD (microdosagem): varia entre 0,5 mg de CBD e 20 mg por dia.

Dosagem média de CBD: 10 mg de CBD a 100 mg de CBD por dia.

Dosagem alta de CBD: também é chamada de dosagem terapêutica e varia de 50 mg de CBD a 800 mg de CBD por dia.

A dosagem baixa de CBD é recomendada para stress prolongado, agitação interior ou dores de cabeça. Aqueles que querem tomar CBD para a rigidez muscular devem escolher uma dosagem média.

Uma dose média é também recomendada para a artrite ou a ansiedade.

Deve ser utilizada uma dosagem elevada para queixas graves, como a dor crónica.

Efeitos secundários do CBD para os músculos rígidos

Podemos antecipar uma coisa: o canabidiol praticamente não tem efeitos secundários e não há risco de overdose. No entanto, abordamos o tema dos efeitos secundários de forma transparente. Os estudos realizados até à data mostram que os efeitos secundários ocorrem apenas em casos isolados. Especialmente em comparação com os analgésicos convencionais, os efeitos secundários podem ser considerados significativamente mais baixos.

De acordo com estudos, podem ocorrer ocasionalmente os seguintes efeitos secundários:

  • Fadiga
  • Diarreia
  • Alteração do apetite
  • Tonturas ligeiras ou vertigens
  • Boca seca
CBD-oil-30
CBD-oil-30

Testemunhos e estudos sobre o CBD para músculos rígidos

Existem ainda relativamente poucos estudos sobre o CBD e a rigidez muscular. No entanto, estes sugerem que o CBD também tem um grande potencial neste domínio. Por exemplo, um estudo sobre a eficácia do CBD na dor muscular de início retardado (DOMS) concluiu que o canabidiol pode aliviar a DOMS e promover a recuperação muscular em geral.

Outro estudo, publicado em 2018, examinou o efeito do CBD na recuperação muscular após o exercício físico. Os resultados mostram que o CBD pode ajudar a acelerar a recuperação muscular e reduzir a rigidez e a dor muscular após um treino. Os resultados iniciais da investigação estão de acordo com os numerosos testemunhos de pessoas que usam CBD para músculos rígidos.

Alguns descrevem que o CBD pode proporcionar um alívio rápido das dores e tensões musculares. Muitos também relatam que experimentaram uma melhora na flexibilidade e mobilidade de seus músculos usando cremes e loções de CBD. Finalmente, lê-se que o CBD também pode ser benéfico para dores nas articulações.

Perguntas e respostas sobre o CBD para músculos rígidos:

Aqueles que querem tomar CBD para a rigidez muscular pela primeira vez provavelmente têm muitas perguntas sobre como funciona e como usá-lo. Nesta secção, respondemos às perguntas mais frequentes sobre os produtos CBD.

Se a sua pergunta não estiver incluída, agradecemos que contacte o nosso serviço de apoio ao cliente. Teremos todo o gosto em ajudá-lo a escolher os melhores produtos.

Em geral, todos os produtos de CBD que pode encontrar na nossa loja podem ser utilizados contra a dor e a rigidez muscular. A escolha do produto depende da administração que preferir. Aqueles que experimentam o CBD para o alívio da dor nem sempre sentem o efeito desejado, especialmente no início, devido a uma dosagem insuficiente.

Em termos de dosagem, o óleo CBD é o produto mais flexível. Quanto mais gotas tomar, maior será a dosagem. Assim, pode adaptá-lo às suas necessidades específicas. As pomadas e cremes de CBD são particularmente eficazes para a rigidez muscular. Se preferir uma aplicação tópica, os cremes de CBD são a escolha ideal para dores musculares persistentes, rigidez e tensão.

O CBD pode apoiar músculos saudáveis e, consequentemente, aliviar a rigidez muscular, a tensão e a dor. O canabidiol é muito popular porque os seus efeitos harmoniosos e relaxantes no corpo são extremamente benéficos. Foi demonstrado que o CBD estimula a circulação, favorecendo assim a oxigenação muscular.

A má circulação sanguínea e a falta de oxigénio causam normalmente dor, tensão e rigidez muscular. Uma melhor circulação sanguínea, que aumenta o fornecimento de oxigénio, ajuda a relaxar e a soltar os músculos tensos.

As pessoas que passam regularmente muito tempo atrás da secretária do computador adoptam automaticamente uma postura pouco saudável, que pode provocar dores no pescoço e nos ombros. O CBD é um remédio adequado para apoiar os seus músculos com queixas persistentes.

De um modo geral, a rigidez muscular tem quatro causas: má postura, inflamação, stress e fadiga excessiva. O CBD pode ser útil em todos os quatro casos. Devido à sua interação com o sistema endocanabinóide, o CBD influencia numerosos processos endógenos. Estes incluem a perceção da dor e a regulação da resposta anti-inflamatória.

Pensa-se também que o canabidiol tem propriedades calmantes e relaxantes que podem ser úteis para a tensão relacionada com o stress. Por fim, estudos demonstraram que o CBD reduz a rigidez muscular e promove a recuperação muscular, mesmo em atletas de elite.

De um ponto de vista científico, é impossível determinar com exatidão a rapidez do seu efeito. Cada pessoa interage de forma diferente com o CBD. Além disso, a dosagem também desempenha um papel crucial na determinação da velocidade com que o corpo metaboliza o CBD.

Se usares uma dose elevada, podes esperar que o efeito surja muito rapidamente. No entanto, recomendamos que comeces com uma dose baixa, especialmente se não estiveres familiarizado com os canabinóides.

Se as queixas persistirem e não sentir efeitos positivos, pode sempre aumentar a dose. Independentemente da dosagem, deve ser paciente quando utilizar o CBD para dores musculares.

Pode demorar alguns dias até começar a sentir os seus efeitos benéficos. Quando aplica o CBD na pele, pode esperar que funcione um pouco mais depressa.

Cada tipo de CBD tem as suas vantagens e desvantagens. A escolha depende geralmente das suas preferências e possivelmente da sua experiência.

Para simplificar a sua decisão, resumimos as características mais importantes dos produtos CBD nesta tabela.

Óleo CBD Creme de CBD Cápsulas de CBD

• Forma mais popular de aplicação e, por conseguinte, muitos relatórios e estudos de campo disponíveis

• Diferentes dosagens de CBD e concentrações de CBD disponíveis

• Sabor geralmente ligeiramente amargo

• O único produto de CBD para uso externo.

• O creme CBD é particularmente benéfico para a tensão e a rigidez muscular.

• Cremes de CBD frescos ou quentes

• Fácil de utilizar

• Também pode ser levado em viagem e, por isso, é fácil de integrar na vida quotidiana.

• Sabor neutro

• Tudo o que é preciso para o tomar é um gole de água

• Não é possível uma dosagem individual

Já não há dúvidas. O CBD é legal nos EUA, no Reino Unido, bem como em todos os países da UE. No entanto, os produtos com CBD não podem conter mais de 0,2% de THC (0,3% em alguns casos).

Laboratórios independentes de terceiros verificam minuciosamente a pureza e o teor de THC de todos os nossos produtos.